Menores aliciados pelos clubes com bolas, equipamentos e dinheiro

30/09/2019 23:45 - Modificado em 30/09/2019 23:46

O aliciamento de menores por parte dos treinadores de alguns clubes de São Vicente é um dos grandes problemas que apoquentam os clubes que apostam na formação de atletas, nas mais diversas modalidades. Quem o diz é um treinador de formação desportiva da ilha. Este afirma que, alguns dirigentes prometem “mundos e fundos para conseguirem que jovens promessas do desporto optem pelos seus clubes”.

Este acusa algumas equipas de basquetebol de terem uma atitude “vergonhosa” para com os jovens jogadores ainda em fase de formação.

Segundo esta mesma fonte, os treinadores de futebol das diversas equipas de São Vicente, sem citar nomes, têm vindo a aliciar os jogadores das escolas de formação de futebol, com sapatilhas, dinheiro, com o intuito destes escolherem esses clubes.

Os jogadores que mais sofrem com esta questão são os adolescentes dos 15 aos 17 anos que estão numa fase, em que são mais susceptíveis de serem influenciados, explica esta fonte, realçando que as entidades competentes devem fazer alguma coisa para mudar isso. Mesmo que seja criando condições para que possam vir a desenvolver as suas capacidades e não “levar jogadores para os ajudarem a ganhar um campeonato e depois não continuam com o trabalho de formação”.

Diz ainda que isto está a acontecer também porque os pais não fazem o seu dever, que é questionar o filho quando este chega em casa, com dinheiro, botas, ou outros materiais que este não teria forma de obter sem o seu consentimento.

Esta fonte considera que São Vicente precisa de uma prospecção, para que haja um maior controlo por parte das entidades competentes, porque o que está a acontecer neste momento está a “estragar” o desporto no país.

  1. Mário

    É futebol ou basquetebol? Só para saber

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.