Centro Cultural do Mindelo acolhe exposição que marca os 35 anos das Aldeias SOS em Cabo Verde

24/09/2019 00:31 - Modificado em 24/09/2019 00:31

Está exposto no Centro Cultural do Mindelo, uma exposição fotográfica que marca os trinta e cinco anos das Aldeias SOS em Cabo Verde. A pretensão é, segundo Graça Gomes, directora do Centro Social das Aldeias SOS em São Vicente, que com um número reduzido de fotografias deixar transparecer o trabalho feito ao longo dos 35 anos da Aldeia SOS.

Uma pequena exposição, que tenta mostrar as várias vertentes do “nosso trabalho, a nível nacional, seja ao nível dos cuidados básico, seja o trabalho comunitário que fazemos por excelência”.

Graça Gomes diz que das várias crianças que passaram pelas Aldeias e que hoje são adultos autónomos com uma vida estável e que inclusive ajudam a organização no trabalho, é o resultado alcançado nestes 35 anos. “Viveram e foram criados aqui e hoje têm cargos na organização, dando o seu melhor em prol das crianças do centro que necessitam”, são estes os maiores ganhos que se podem apresentar, assegura esta responsável.

Diferente da ilha de Santiago, onde que existem duas aldeias SOS que trabalha com crianças órfãos, em São Vicente desde o início trabalha-se com as próprias famílias, nunca tirando-os da sua estrutura familiar e onze anos depois, da criação do centro na ilha, este continua a ser um dos grandes desafios, afirma Graça Gomes, que defende que as crianças só devem ser institucionalizadas em último caso.

“As que estão nas aldeias em Santiago é porque a situação assim o exigia. Uma situação que a própria segurança da criança era posta em causa e que a sua retirada do seio familiar era necessária, em São Vicente o modelo é diferente. Nós trabalhamos com crianças de rua, mas temos trabalhado muito com as famílias, o que é um desafio enorme, porque a criança pertence à família e se a família não funcionar no seu pleno a criança tem problemas, portanto um trabalho, para que a união e sua permanência seja a mais adequada possível no seio familiar”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.