FAO: “Em Cabo Verde, 2% da população está em situação de crise alimentar”

20/09/2019 15:33 - Modificado em 20/09/2019 15:33

Segundo a FAO, Cabo Verde está incluído numa lista de 41 países que precisam de ajuda alimentar, sendo que 2% da população cabo-verdiana está em situação de crise alimentar, aponta um relatório daquele organismo da ONU sobre a perspetivas de colheitas e situação alimentar.

Um relatório publicado no site da FAO assegura que 2018 foi um ano de fraco desempenho nos sectores agrícola e pastorício. “Segundo a análise feita no último quadro harmonizado, cerca de 9.000” cabo-verdianos “estão numa situação de crise alimentar”.

Além de Cabo Verde, entre os países lusófonos em situação de crise alimentar localizada, está também Moçambique que, segundo o relatório da FAO, viu a sua situação agravar-se na sequência dos ciclones que afetaram o país. “Cerca de 1,65 milhão de pessoas enfrentam insegurança alimentar, um aumento de 85% em relação ao mesmo período do ano anterior. Zimbabué e Moçambique registaram os maiores aumentos nas necessidades de importação.

Segundo a agência, não são esperadas grandes melhorias antes de março de 2020, quando começa a época principal de colheita”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.