Sanvicentinos preocupados pelo facto da CV Airlines não ter nenhum representante na ilha

20/09/2019 00:10 - Modificado em 20/09/2019 00:10
| Comentários fechados em Sanvicentinos preocupados pelo facto da CV Airlines não ter nenhum representante na ilha

A preocupação dos utentes surge na sequência do cancelamento na noite de quarta-feira, 18, de um voo com partida do Aeroporto Internacional Cesária Évora (AICE), por parte da companhia área, não disponibilizando nenhuma informação adicional aos passageiros, que lamentam o facto da companhia de bandeira, que reiniciou recentemente os voos domésticos, não ter nenhum representante no Mindelo.

A origem da insatisfação, advém do voo cancelado na noite de quarta-feira, 18, quando os passageiros que deveriam seguir no voo 4211, que tinha previsão de partida do AICE às 20:15, foi cancelado, sendo que os mesmos vieram a saber do cancelamento por volta das 22 horas.

Factos que despoletaram o descontentamento no seio dos passageiros, que questionam o facto de uma companhia aérea que opera diariamente de e para São Vicente não ter um único representante na ilha que possa fornecer, em casos do género, informações em tempo útil aos utentes.

Os mesmos dizem-se preocupados, pedem que a companhia reveja e resolva esta situação, para que dissabores do tipo e que afligem os sanvicentinos não se voltem a registar.

O NN, com o intuito de ouvir a versão da companhia, entrou em contacto com a mesma, pelo que aguarda ainda uma resposta sobre as reclamações registadas no Mindelo.

De realçar que a companhia de bandeira, retomou os voos inter-ilhas, em meados do mês de agosto, sendo que, a primeira viagem da Ex-TACV, agora denominada Cabo Verde Airlines (CV Airlines) partiu de Mindelo a 14 do mesmo mês.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.