Sal: IGAE apreende centenas de contos em produtos impróprios para consumo e suspende fábrica de produção de gelo

18/09/2019 13:50 - Modificado em 18/09/2019 13:50

A Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE) apreendeu, no decurso de sete dias, na ilha do Sal, centenas de contos em produtos impróprios para o consumo, tendo também suspendido as atividades de uma fábrica de produção de gelo.

Conforme a IGAE, a missão de 7 dias na ilha do Sal, que terminou nesta quarta-feira, resultou na apreensão de centenas de contos de produtos impróprios para o consumo, com prazos adulterados, com rotulagem deficiente, mal conservados, nomeadamente queijos, cervejas, massas, enchidos, aguardentes, ponches.

“Os queijos, massas e enchidos pertencem a uma empresa estrangeira que reembalava produtos fora de prazo para introduzir em hotéis, restaurantes e pizzarias” escreve a IGAE.

Neste âmbito, a mesma fonte afirma que suspendeu uma fábrica de produção de gelo, e ainda apreendeu centenas de produtos fora de prazo no espaço do Festival de Santa Maria.

A IGAE salienta que os infratores serão alvos de processos de contraordenação e crime para serem “exemplarmente punidos e retirados os benefícios que o estado lhes dá para industrialização”, podendo ser suspensos até 2 anos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.