São Vicente: Cerca de 30 professores de Francês recebem formação

13/09/2019 00:31 - Modificado em 13/09/2019 00:31

O ano lectivo 2019/20 vai arrancar no dia 23 de setembro. Com o início do novo ano letivo à porta, cerca de 30 professores das ilhas de São Vicente, São Nicolau e Sal iniciaram, esta quinta-feira, em Mindelo, uma acção de capacitação com o objectivo de atualizar os materiais curriculares, programas e cadernos experimentais.

Conforme explicou a Delegada do Ministério da Educação da ilha de São Vicente, Maria Helena Andrade, esta formação com a duração de três dias é dirigida aos professores que lecionam nos primeiros anos do segundo ciclo do ensino básico. Ou seja, o 5º, 6º e 7º ano de escolaridade.

“As matérias já temos, desde os anos anteriores. Então esta é uma acção de formação de atualização por forma a que os professores possam trabalhar da melhor forma os manuais e fazer uso do programa também” diz Maria Helena Andrade.

Esta é uma formação de actualização para os professores da disciplina de Francês dos três primeiros anos do segundo ciclo do ensino básico. “É preciso que haja uma articulação entre estes três anos, por isso esta acção”, garante Maria Helena, que recorda que a disciplina de Francês nestes anos foi introduzida há dois anos, em conjunto com a língua inglesa.

E que durante estes anos, os alunos e professores mostraram-se receptivos a esta introdução e que “os alunos tiveram boas notas”.

Portanto, garante que há todo um processo a ser desenvolvido e que os alunos teem aprendido a língua de forma dinâmica.

Em relação à sobrecarga horária, assegura que esta é uma questão que não se coloca. Alegando, no entanto, que os professores estão bem distribuídos pelos agrupamentos escolares de São Vicente. E exemplifica com uma professora que lecciona numa escola na cidade e, noutro dia pode se deslocar para dar aulas fora da cidade, sem nenhum problema ou constrangimentos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.