Cabo Verde quer captar poupanças e investimentos dos emigrantes espalhados pelo mundo

13/09/2019 00:22 - Modificado em 13/09/2019 00:22

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares, garante que o projeto está a ser ultimado e vai ser dado a conhecer à comunidade emigrada nos Estados Unidos durante o Cabo Verde Investment Forum, que decorre em Boston nos dias 30 de setembro e 1 de outubro.

A informação foi avançada pelo ministro à Rádio Pública, onde assegurou que há já alguns meses decorre uma “intensa campanha de sensibilização e de marketing junto dos empresários cabo-verdianos quanto à importância de investirem em Cabo Verde”.

Luís Filipe Tavares garante que esta estratégia conta com o apoio da Administração norte-americana que tem vindo a criar condições económicas e fiscais para que haja um incremento do investimento dos emigrantes em Cabo Verde. Por isso, o chefe da diplomacia cabo-verdiana mostra-se confiante no sucesso do Cabo Verde Investiment Forum.

Uma outra ambição do Governo cabo-verdiano, acrescenta o ministro dos Negócios Estrangeiros, é a criação, para breve, de uma agência que terá como principal missão a captação das poupanças e do investimento dos emigrantes. Um projeto inspirado na experiência de Israel em matéria de desenvolvimento.

De destacar que Luis Fiilipe Tavares encontra-se na Guiné-Bissau a cumprir uma visita de Estado, com a duração de três dias. Durante a sua estadia em Bissau, Luís Filipe Tavares e a chefe da diplomacia guineense, Suzy Barbosa, vão avaliar o estado de implementação de alguns acordos de cooperação rubricados há já alguns anos entre os dois países.

A agenda da visita de Luís Filipe Tavares a Guiné-Bissau contempla igualmente alguns pontos referentes à presidência rotativa da CPLP detida por Cabo Verde, com destaque para a proposta faseada de mobilidade no espaço da comunidade lusófona.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.