Músicos cabo-verdianos participam em Itália num diálogo musical no Teatro Golden de Roma em prol de uma iniciativa artística e de caridade

11/09/2019 00:32 - Modificado em 11/09/2019 00:37

Cremilda Medina, Mirri Lobo, Karin Mensah, Jacqueline Fortes, Jerusa Barros e Alessandra Silva Fortes, participam neste encontro entre Itália e Cabo Verde, que terá lugar na quinta-feira, 19 e sexta-feira, 20 de setembro no congenial “Open Space” da via Taranto, Italia.

Organizada pela “Kriol-Ità, Associação de Amizade Itália e Cabo Verde” e “Numar Un”, produtora da colecção musical “Capo Verde, terra d’amore”.

Uma ideia concebida e promovida pela conselheira da República de Cabo Verde e presidente da Associação “Kriol-Ità” e Alberto Zeppieri director artístico Unicef Itália e produtor da colecção musical “Capo Verde, terra d’amore”.

Uma iniciativa que tem como objetivo recolher ofertas a favor do movimento da sociedade civil “Beira no Coração”. Iniciativa fundada pela Primeira-dama de Cabo Verde, Lígia Dias Fonseca, para contribuir na reconstrução de escolas, infantários e habitações e disponibilizar medicamentos, materiais escolares e outros materiais necessários para ajudar a população moçambicana atingida pelo ciclone “Idai”, que, este ano, além das mortes, provocou dezenas de milhares de desalojados, em particular na Beira onde 90% das habitações e infra-estruturas foram danificadas.

Nos dois serões alguns entre os mais significativos cantores italianos encontrarão os seus homólogos cabo-verdianos, para uma fusão de vozes e de linguagens que abrirá os corações à solidariedade.

A cada um deles será pedido para interpretar uma canção de Cabo Verde (ou mais em geral de África) mais uma outra do próprio repertório, na senda de uma contaminação que prevê duetos nacionais e internacionais e a execução de canções-símbolo executadas de maneira coral.

Nessa ocasião, será apresentado em antestreia nacional, o volume 8 da colecção “Capo Verde terra d’amore” e o produto líquido das eventuais vendas reverterá para a recolha de fundos.

A iniciativa conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República de Cabo Verde, Gabinete da Primeira-dama, e das Embaixadas de Cabo Verde e de Moçambique. O evento será realizado com a preciosa ajuda de Eces, Atac e das Associações Cabo-verdianas Omcvi, Nôs d’Sintanton, Amici di Soncent, Api e AICS.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.