São cada vez são mais os cabo-verdianos que ficam ilegalmente nos EUA

6/09/2019 00:48 - Modificado em 6/09/2019 00:48

Em nota divulgada hoje pela Embaixada dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, esta alerta para o número excessivo de cabo-verdianos que ficam de forma ilegal nesse país, onde chegam com o visto de visitante.

A nota refere que infelizmente “os cidadãos cabo-verdianos estão a ultrapassar o limite de estada dos seus vistos de turismo a taxas significativamente mais elevadas do que a média mundial”. Adianta ainda que esse tipo de comportamentos dificultará, futuramente, processos de pedidos para aquisição de vistos por parte de cidadãos cabo-verdianos.

Segundo informações divulgadas recentemente pelo Departamento de Segurança Interna, através do Relatório de Permanência Ilegal, mais de 11% dos cabo-verdianos que foram visitar os EUA, não regressaram ao país de origem dentro do período estabelecido.

Perante estes dados, a representação diplomática norte-americana em Cabo Verde alerta que é uma violação grave da lei a permanência naquele país para além do período limite estabelecido. É grave não só para aqueles que lá permanecem ilegalmente como terá reflexos negativos para aqueles que pretendam obter vistos de turismo para visitar familiares e amigos aí residentes.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.