Prisão preventiva para suspeito de sequestro de um familiar do gerente da Caixa Económica da Calheta de S. Miguel

5/09/2019 00:16 - Modificado em 5/09/2019 00:16

O individuo em questão foi detido na segunda-feira, 02, Polícia Judiciária, através da Secção de Investigação de Crimes Patrimoniais – Brigada de Combate ao Banditismo – em cumprimento de um mandado, no bairro de Achada Grande Frente, na Praia, fora de flagrante delito e são lhe imputados a prática de diversos crimes.

Da acusação consta a autoria de um crime de roubo com violência sobre pessoa, na sua forma agravada; um crime de sequestro e um crime de detenção ilegal de arma de fogo. Ouvido pelo Tribunal da Comarca de Santa Catarina nesta quarta-feira, ficou em Prisão Preventiva.

O indivíduo vem acusado da autoria material do sequestro envolvendo um familiar do gerente da caixa económica de Calheta de São Miguel, com o objectivo de lhe extorquir o montante de um milhão de escudos (1.000.000$00).

 Os crimes de que vem acusado foram cometidos em setembro de 2017.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.