Ulisses Correia e Silva diz que é preciso criar melhores oportunidades de investimento privado em África

28/08/2019 23:54 - Modificado em 28/08/2019 23:54

“Precisamos de boas parcerias que permitem conciliar a atração de capitais, tecnologias e boas práticas do setor privado, com a necessidade de evitar o endividamento excessivo dos países”, defendeu o Primeiro-ministro durante a sua intervenção na Sétima Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento da África, (TICAD), a decorrer em Yokohama, de 28 a 30 de agosto.

A VII edição da TICAD tem como tema “Fazer progredir o desenvolvimento da África, pela via da tecnologia, da inovação e do capital humano”.

De acordo com Ulisses Correia e Silva, há necessidade de financiar o investimento em infraestruturas orientado para a produção de resultados que provoquem transformações estruturais nas economias, para torná-las mais produtivas e competitivas e assim atrair mais investimentos privados que criam empregos e fazem crescer a economia.

“Os instrumentos existem e as oportunidades também”, disse, alertando que se precisa de garantir boas condições de governança política, institucional e económica para que tal aconteça.

Ainda durante a sua intervenção, o Chefe do Governo cabo-verdiano pediu, numa perspetiva para o desenvolvimento, uma especial atenção aos Pequenos Países Insulares. É que segundo o chefe do governo, existe uma problemática muito específica que caracteriza os Pequenos Países Insulares e a sua exposição às alterações climáticas e a vulnerabilidades derivadas da insularidade e pequena dimensão do mercado. “De entre os Pequenos Países Insulares, atenção especial deve ser dada aos países graduados de Rendimento Médio, no que se refere aos financiamentos que apoiem os esforços das reformas necessárias para aumentar a sua competitividade e reduzir as vulnerabilidades, sem expô-los a endividamento excessivo”.

Ulisses Correia e Silva reafirma o apoio de Cabo Verde à Declaração e o Plano de Ação de Yokohama do TICAD 7.

O Primeiro-Ministro, Ulisses Correia Silva, encontra-se em Japão, onde participa da Sétima Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento da África, (TICAD), a decorrer em Yokohama, de 28 a 30 de agosto. A VII edição da TICAD tem como tema “Fazer progredir o desenvolvimento da África, pela via da tecnologia, da inovação e do capital humano”.

Fonte: governo.cv

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.