Ruth Duarte “Se chegamos ao Mundial é porque temos potencial”

28/08/2019 00:21 - Modificado em 28/08/2019 00:21
| Comentários fechados em Ruth Duarte “Se chegamos ao Mundial é porque temos potencial”
Foto: Inforpress

A jogadora da seleção nacional de futebol de praia, Ruth Duarte, em reação ao sorteio do Mundial de Futebol de Praia 2019, que ditou que Cabo Verde integrasse o grupo A, juntamente com as seleções do Brasil, México e Espanha, reconhece que o grau de dificuldade que o grupo coloca a Cabo Verde é elevado. Mas, no entanto, a atleta aponta o mérito da equipa estar numa prova destas dimensões e jogar contra equipas desse calibre.

Cabo Verde ficou a conhecer, nesta terça-feira, 27, as seleções com que vai medir forças no Mundial de Futebol de Praia, que se realiza de 11 a 16 de outubro, no Dubai. Cabo Verde terá pela frente três seleções de grande poderio, onde se destaca, à cabeça, a seleção “canarinha”.

Ruth Duarte, jogadora da seleção nacional, em análise ao grupo, não tem dúvidas em afirmar que o grupo é “muito forte” e considera a seleção do Brasil como a “melhor do mundo” na modalidade.

“Vamos encontrar muitas dificuldades. Mas se conseguimos chegar lá é porque temos potencial. Acredito que cada uma de nós vai dar o seu máximo, porque a responsabilidade agora vai aumentar. Mas vamos estar de cabeça fria e tudo sairá dentro do objetivo traçado” vinca a jogadora, que aponta a união do grupo como uma das bases para uma boa prestação. 

Para Ruth estar num mundial por si só representa um sonho, mas jogar com seleções deste calibre engrandece qualquer jogadora, para mostrar as suas qualidades.A preparação da seleção cabo-verdiana está agendada para finais de setembro, faltando a Federação Cabo-verdiana de Futebol, definir o plano de estágio.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.