Maio: Indivíduo detido em flagrante a esquartejar uma tartaruga

26/08/2019 23:55 - Modificado em 26/08/2019 23:56

Um homem de 35 anos foi detido domingo, 25, por volta das 13:00, pela Policia Nacional (PN), na cidade do Porto Inglês, quando esquartejava uma tartaruga marinha.

Segundo o coordenador da campanha de  patrulha das tartarugas marinhas, Leno dos Passos, receberam um denuncia por parte de um pastor que se encontrava nas imediações da salina de Porto Inglês que,  ao deparar-se com a presença de uma carcaça, entrou em contacto com a Fundação Maio Biodiversidade, mas conforme avançou deram prioridade ao salvamento de duas tartarugas que se encontravam presas na salina de miradouro.

“Quando regressamos contactamos a PN e fomos directamente ao local, que nos indicaram, e, felizmente, encontramos o indivíduo, que tinha regressado para retirar os últimos pedaços da carne e alguns ovos, e logo foi detido pela polícia, que o encaminhou para Esquadra local”, frisou.

Conforme explicou aquele responsável, este ano foi o primeiro caso registado, que não vai beliscar “o sucesso” que tem vindo a ser nestes dois anos referente a colaboração das pessoas na protecção das tartarugas marinhas.

Mesmo assim aproveitou para chamar atenção das pessoas para não consumirem a carne das tartarugas, não somente por ser um crime, mas também por uma questão da saúde pública.

“Há que se ter em conta a forma como esta carne é tratada, muitas vez às escuras e em locais impróprios e, neste caso em particular, o indivíduo estava a esquartejar a tartaruga num dos edifícios do empreendimento salinas beach resort, que as pessoas usam para necessidades fisiológicas, para além de a carne já apresentar sinais de larvas”, salientou.

Leno dos Passos exortou as pessoas para continuarem vigilantes e denunciar casos suspeitos de captura, e pediu que abdiquem desta prática, por se tratar de um crime com moldura penal que “dá cadeia” por “vários anos”.

Conforme apurou a Inforpress junto da Esquadra Policial, o indivíduo encontra-se detido e vai ser apresentado ao Ministério Público ainda esta tarde para aplicação da medidas de coacção.

Inforpress

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.