Utentes preocupados com a falta de passagens para viagem São Vicente/ Santo Antão

22/08/2019 23:41 - Modificado em 22/08/2019 23:41

Nestas últimas semanas os utentes da ligação marítima São Vicente/Santo Antão têm sido confrontados com a falta de passagens para esta ligação marítima de cerca de uma hora de viagem. Uma situação que nem a entrada em vigor da concessão do transporte marítimo de passageiros na última sexta-feira, veio recolocar a normalidade.

Os passageiros que se deslocam ao Cais de Cabotagem do Porto Grande, enfrentam longas filas ao sol ardente, para que possam adquirir o seu bilhete de viagem para Santo Antão. No meio do caos, muitas vezes presencia-se situações em que viaturas e passageiros ficam no caís, por falta de lugares no navio Inter-ilhas.

Situações que levam os utentes a pedirem por mais barcos e melhor organização nesta linha marítima, que é a mais movimentada de Cabo Verde, tanto em termos de passageiros como de cargas. Problemas que nem a entrada recentemente em vigor do novo concessionário, CV Inter-ilhas, veio colocar um ponto final.

“Acho que o problema só aumentou desde a entrada em vigor da nova concessionária, porque nota-se que os funcionários das agências estão mais desnorteadas e não sabem nos dar as informações corretamente. Está instalado o caos e é preciso que alguém tome medidas para pôr um fim nesta situação, que está cada dia piorando” desabafou um utente abordado pelo NN.

Para quem viaja de outras ilhas como Santiago, Sal ou de outra paragem com destino a São Antão, é quase obrigatório que se pernoite uma ou duas vezes em São Vicente, para que possa chegar ao destino. Estes clamam para que a normalidade seja reposta para facilitar na ligação entre estas duas ilhas. O navio Inter-Ilhas é neste momento a única embarcação que efectua diariamente, com três ligações, viagens a ligar as duas ilhas.

De realçar que, o serviço de transporte público marítimo de passageiros e carga entre as ilhas, desde 15 de agosto está a cargo da CV Inter-Ilhas, empresa detida maioritariamente pela portuguesa Transinsular.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.