Festival de Santa Maria paga direitos de autor à Sociedade Cabo-verdiana de Música

22/08/2019 23:26 - Modificado em 22/08/2019 23:26
| Comentários fechados em Festival de Santa Maria paga direitos de autor à Sociedade Cabo-verdiana de Música

A autarquia do Sal, promotora do Festival da Praia de Santa Maria, ilha do Sal, procedeu nesta quinta-feira, 22, à assinatura do contrato de licenciamento, que visa pagar à Sociedade Cabo-verdiana de Música os direitos de autor pela utilização das obras musicais no decorrer do Festival.

Com a assinatura do referido contrato, entre o presidente da Câmara Municipal, Júlio Lopes e a presidente da Sociedade Cabo-verdiana de Música, Solange Cesarovna, o Festival da Praia de Santa Maria, tornou-se no primeiro festival municipal em Cabo Verde a cumprir a obrigação legal de pagar os direitos de autor. A Sociedade Cabo-verdiana de Música recebeu um montante de trezentos e oito mil e quatrocentos e sessenta escudos (308.460$00).

De acordo com a edilidade salense, este ato coloca tanto a Câmara Municipal do Sal como o Festival de Santa Maria na vanguarda da nova era da defesa dos direitos de autor em Cabo Verde. “Reforçando a visão da Câmara, de que a cultura está no coração de Cabo Verde, incorporada na sua história, paisagem, identidade e economia e diretamente ligada ao fator promocional do destino turístico da ilha do Sal” escreveu a edilidade na sua página.

A 29ª edição do Festival de Santa Maria sob o lema “Uma Nova Consciência Ambiental” e abraça o tema da “Morna a Património da Humanidade” realiza-se nos dias 13 e 14 de setembro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.