Detido homem que filmou mais de 500 mulheres por debaixo da saia

22/08/2019 00:30 - Modificado em 22/08/2019 00:31
| Comentários fechados em Detido homem que filmou mais de 500 mulheres por debaixo da saia

A polícia de Madrid deteve um homem que divulgou cerca de 300 vídeos de mulheres sem o seu consentimento. Filmagens eram feitas no metro da capital espanhola.

Getty Images

A polícia de Madrid deteve um homem sob as acusações de ter filmado mais de 500 mulheres por debaixo das saias (um fenómeno chamado “upskirting“), sem o seu consentimento, enquanto estas viajavam no metro.

De acordo com a polícia, os vídeos eram gravados com um telemóvel escondido numa mochila. Ao todo mais de 555 vítimas foram identificadas pela polícia, algumas delas eram menores. 29 já foram contactadas pelas autoridades. As autoridades adiantaram ainda que o homem carregou 283 vídeos para sites pornográficos que tiveram milhões visualizações. Apenas no seu site pessoal, o homem tinha 3.519 subscritores e os vídeos tinham mais de um milhão de visualizações.

O suspeito foi apanhado pelas autoridades em flagrante enquanto filmava no metro. Tem 53 anos e é de origem colombiana.

Os primeiros vídeos foram colocados no verão de 2018 e desde então o homem começou a produzi-los de forma diária. Segundo desconfiam as autoridades, o homem chegava a apresentar-se às mulheres como forma de ficar mais perto delas no metro e conseguir melhores imagens. 

Na casa onde o suspeito morava a polícia encontrou um computador com três discos rígidos que continham centenas de vídeos. 

A prática de upskirting em Espanha é considerado como abuso sexual e punível com pena de prisão. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.