Biosfera I e parceiros traçam plano para resolver problema de ataque às tartarugas por cães vadios

16/08/2019 00:25 - Modificado em 16/08/2019 00:25

A Biosfera I, juntamente com as Associações Sima bô, Ponta d’Pom, Clínica Veterinária MindelVet, Delegação do Ministério da Saúde de São Vicente e Câmara Municipal, apelou para que se unam esforços na elaboração de um plano para mitigar a problemática do ataque às tartarugas por parte de cães vadios, nas praias da ilha.

Nas praias de Jondebra, Norte de Baía e Praia Grande, onde se regista uma maior incidência de ataques de cães vadios às tartarugas, estas entidades decidiram reforçar a fiscalização e proceder a campanhas de limpeza.

Cada entidade vai agora partilhar o plano dentro da sua área de atuação, para pôr cobro a uma situação que está trazendo muitas preocupações para as associações da sociedade civil e autoridades.

Um plano que se alarga também para resolver o problema de ataques de cães vadios aos rebanhos. Um problema que tem afetado e muito os criadores de gado que há muito clamam pela ajuda das entidades competentes.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.