Utentes apelam a uma melhor organização da venda de bilhetes para viagem São Vicente/Santo Antão

16/08/2019 00:05 - Modificado em 16/08/2019 00:06

A Cabo Verde Inter-Ilhas começou a operar nesta quinta-feira, mas a problemática da falta de lugares nas viagens no ferryboat Inter-Ilhas da Polaris, continuam para a aflição dos passageiros que não encontraram passagens, por isso apelam para uma melhor organização na venda das mesmas. No entanto, o Diretor de Suporte da Agência Resermar avançou que não há motivo para as pessoas deslocarem-se ao caís para a compra de bilhetes, pois podem fazê-lo nas agências de viagem ou no portal cvinter-ilhas.com.

O problema estende-se já há alguns dias no caís de cabotagem do Porto Grande, no Mindelo, onde muitos passageiros têm perdido alguma das viagens por falta de lugares no ferryboat Inter-Ilhas, que tem capacidade para apenas 300 passageiros.

Para esta sexta-feira, 16, a primeira viagem do dia já está esgotada. Situação que leva ao descontentamento dos utentes que pedem também a uma melhor organização na venda dos bilhetes.

O Diretor de Suporte da Resermar, afirmou em declarações à Radio Pública, que desde a semana passada estão a proceder à venda de bilhetes, pelo que se explica o esgotamento dos mesmos. No entanto, referiu que a segunda viagem programada para esta sexta-feira, ainda tem lugares disponíveis, explicando que os passageiros não precisam ir ao caís comprar os bilhetes se o podem fazer nas agências ou na internet, no site da CV Inter-Ilhas.

O mesmo esclareceu que se trata de uma questão transitória, porque a empresa Cabo Verde Inter-ilhas já está a testar o seu sistema de venda de bilhetes e que deverá estar operacional nos próximos dias.

De realçar que as ligações inter-ilhas, são feitas agora, pelos navios Kriola, Liberdadi, Inter-Ilhas e Praia d’Aguada.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.