Arranca hoje a 35ª edição do Festival da Baía das Gatas

9/08/2019 00:39 - Modificado em 9/08/2019 00:39

A 35ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas, o mais antigo festival de música de Cabo Verde, que este ano rende homenagem aos Mindelenses, arranca nesta sexta-feira, 09 de Agosto com as vozes femininas cabo-verdianas Cremilda Medina, Djocy Santos e Ceuzany. O evento estende-se até domingo, 11.

Depois das três vozes femininas, sobe ao palco o conceituado e conhecido grupo Tabanka Djaz (Guiné-Bissau). Segue-se a vez do reggae com Ky-Mani Marley (Jamaica) e para encerrar o primeiro dia do festival teremos a actuação da estrela da noite, a brasileira Ludmilla, que promete agitar e muito o público presente na Baía das Gatas.

Já no sábado, 10, a abertura será feita pelo cabo-verdiano Vasco Martins – BAÍA POWERFULL MÚSICA, seguindo-se um período de animação e folia com o Grupo Carnaval de São Vicente. Mais tarde  seguem-se as atuações de Grace Évora, Beto Dias e Suzana Lubrano (Cabo Verde). A fechar as actuações do segundo dia do festival, sobe ao palco o nigeriano Davido, não sem antes o público vibrar com os sons do angolano  Deejay Telio.

No último dia, 11 de Agosto, marcam presença no palco da Baía das Gatas o grupo Hip Hop Skils Muviment (Cabo Verde), seguidos de Yasmin (Portugal), Loony Johnson e Ricky Man (Cabo Verde), fechando em grande com o grupo português Wet Bed Gang.

O certame de três dias e que envolve um leque diversificado de artistas nacionais e internacionais, está orçado este ano em cerca de 40 mil contos.

O Festival Internacional de Música da Baía das Gatas foi organizado pela 1.ª vez em 1984.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.