Baía das Gatas 2019: Plano de segurança da PN com mão dura sobre os condutores

9/08/2019 00:34 - Modificado em 9/08/2019 00:34
Foto: Inforpress

Plano de segurança da Polícia Nacional (PN) arranca esta sexta e termina segunda com fiscalização intensiva e tolerância zero

A Polícia Nacional vai desenvolver ao longo dos três dias do festival, um conjunto de ações de fiscalização por forma a permitir a realização de um festival sem incidentes.

Segundo o porta-voz, Madelino da Luz, comandante do Corpo de Intervenção, a operação arranca na tarde desta sexta-feira e termina na manhã de segunda-feira (12) e vai dar atenção especial a dois setores: o dos transportes e o da segurança pública, tendo em conta a imensa movimentação de pessoas e viaturas no eixo Mindelo-Baía.

“Durante estes três dias a polícia estará permanentemente no terreno para assegurar que tudo corra da melhor forma, com especial incidência sobre os condutores, que podem ser levados a alguns excessos devido ao novo piso da estrada de acesso à Baía, inaugurada recentemente”.

Um operação de prevenção para garantir que não haja excessos, como os de limite de velocidade, uso de telemóvel e de bebidas alcoólicas, e ainda sobre aqueles que não estiverem com o seguro automóvel em dia, que agora podem sofrer coimas a partir dos 30 mil escudos.

Toda a operação será assegurada pelo efectivo da Polícia Nacional em São Vicente, constituído por 235 elementos e apoiado pelas Forças Armadas e elementos da segurança privada.

Apesar disso, a cidade em si não vai ficar desguarnecida de segurança, garante o comandante do Corpo de Intervenção da PN.

Este apela à população para não facilitar e tomar as devidas precauções com as propriedades e bens quando se ausentarem para assistir ao festival.

A 35ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas, este ano, rende homenagem aos mindelenses e reúne um leque diversificado de músicos e bandas do país e do estrangeiro.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.