São Vicente: Mais bombeiros profissionais só daqui a três-quatro meses

7/08/2019 00:17 - Modificado em 7/08/2019 00:17

O Vereador responsável pela Proteção Civil, José Carlos da Luz, garantiu que a falta de bombeiros profissionais na corporação de São Vicente poderá ficar resolvida dentro de 3 a 4 meses, com o regresso de cinco bombeiros que estão prestando serviço na ASA, no Aeroporto Cesária Évora.

A informação surge no momento em que a corporação dos bombeiros Municipais de São Vicente, carece de bombeiros profissionais, estando a operar com apenas onze bombeiros profissionais, devido a baixa médica de cinco dos seus elementos. A corporação conta ainda com onze bombeiros voluntários, mas que nem sempre estão disponíveis devido a compromissos profissionais. O número insuficiente de profissionais disponíveis faz com que a corporação acuda uma ocorrência de cada vez, pois existe uma única equipa que sai para o terreno.

De acordo com o vereador da Câmara Municipal de São Vicente, José Carlos da Luz, responsável pelo pelouro da Proteção Civil, a baixa médica dos cinco bombeiros, desfalcou a corporação o que fez com que fosse negociado com a ASA, o regresso ao comando dos Bombeiros Municipais, os cinco bombeiros que prestam serviço no Aeroporto Cesária Évora.

“A profissão do bombeiro é qualificada. Não existe disponível no mercado. E também não tínhamos colocado no plano de atividades, por isso não podemos recrutar bombeiros, para este ano 2019. No entanto temos um protocolo com a ASA, onde nós temos destacado cinco bombeiros. Já sentamos à mesa com a ASA, no sentido de rescindir o protocolo, para que possamos trazer estes cinco elementos para o quartel dos bombeiros de São Vicente. Dentro de 3 a 4 meses teremos a situação normalizada” referiu o vereador citado pela Rádio Pública.

Enquanto isso, José Carlos da Luz, garantiu que a edilidade vai ver o que poderá ser feito junto com outros serviços, referindo que os bombeiros voluntários têm dado um bom contributo à corporação dos Bombeiros Municipais de São Vicente.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.