Funcionária de creche nos EUA detida após partir as pernas a quatro bebés

6/08/2019 01:04 - Modificado em 6/08/2019 01:04

Christina Marie Curtis foi acusada de quatro crimes de negligência infantil.

A funcionária de uma creche, no estado norte-americano da Florida, foi acusada de quatro crimes de negligência infantil depois de quatro bebés terem ficado com as pernas partidas no mesmo dia. Christina Marie Curtis, de 25 anos, foi detida o mês passado pelos incidentes e mais tarde libertada sob uma fiança de quatro mil dólares (cerca de 3.500 euros).

Os quatro meninos, entre os 13 e os 21 meses, estavam todos bem na manhã do incidente, mas mais tarde nesse dia tinham dificuldades em ficar de pé ou em andar, conta o Daily Mail.

O caso remonta a 21 de maio e depois de serem observados por uma equipa médica foi concluído que teriam sofrido fraturas nas pernas.

Uma das mães, Terika Graham, disse a um jornal local que tinha pedido à funcionária que mantivesse o filho no interior da creche nesse mesmo dia, pois este estava com uma irritação na pele. Mas quando foi buscar o filho ao final do dia começou a perceber que o menino “tinha terra no cabelo” e não lhe foi dada explicação para o sucedido durante três dias. 

Segundo a mesma publicação, algumas imagens de videovigilância mostram as crianças a serem postas numa carrinha sem cuidado, tendo uma das crianças acordado da sesta ainda dentro do veículo sem conseguir sustentar o seu peso com as pernas. Será ainda possível observar Christine a andar com outra das crianças a segurar-lhe as mãos bem acima da cabeça.

A mulher está agora proibida de contactar com quaisquer crianças e não pode exercer funções em locais com menores. Foi acusada de quatro crimes de negligência infantil que resultaram em maus tratos e deverá ser presente a tribunal brevemente.

Por Notícias ao Minuto

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.