Educação: Dirigente garante que não haverá problema de falta de professores no arranque do próximo ano lectivo

2/08/2019 02:00 - Modificado em 2/08/2019 02:00
Foto: Inforpress

O director-geral do Planeamento, Orçamento e Gestão (DGPOG) do Ministério da Educação, José Marques, garantiu hoje que, contrariamente ao ano passado, não haverá problema de falta de professores no arranque do próximo ano lectivo.

José Marques deu esta garantia em declarações à imprensa, após a assinatura de contratos-programa para a reabilitação de espaços educativos entre o Ministério da Educação e as câmaras municipais de Santa Catarina e Tarrafal de Santiago, realizada hoje na cidade da Praia.

Neste ano, conforme fez saber o DGPOG do Ministério da Educação, o processo de contratação de professores “iniciou-se muito cedo”.

“Em Fevereiro, nós já tínhamos todo processo iniciado. Estamos na fase final, neste momento. O grupo de jurados está na fase final de correcção dos testes”, afirmou José Marques, acrescentando que tudo indica que no início de Setembro os professores estarão colocados nos seus concelhos.

Ainda nas suas declarações aquele responsável disse que o Ministério da Educação tem em curso programas de continuidade da revisão curricular, além de outros programas que abrangem toda a questão da política integrada.

José Marques anunciou ainda que há um leque de projectos em carteira para ser desenvolvido em 2019, com vista a alcançar os objectivos traçados que passam por garantir uma educação de qualidade para todos.

Inforpress

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.