Paulo Rocha diz que pela primeira vez Cabo Verde registou um ciclo de três anos de reduções sucessivas das ocorrências criminais

1/08/2019 00:19 - Modificado em 1/08/2019 00:19

O ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, destacou durante o debate do Estado da Nação, que em três anos de governação, o governo investiu na segurança como um activo estratégico e uma questão prioritária.

E como consequência desses investimentos, hoje “os resultados são visíveis”, traduzindo-se num recuo de ocorrências registadas em Cabo Verde. O número de ocorrências por cada mil habitantes, baixou de 32.7 em 2018 para a média de 13.2 por mil habitantes, no primeiro semestre de 2019.

Valores que segundo o governante são inferiores aos registados em 2015 quando se assinalava em média 48.2 ocorrências por cada mil habitantes.

“Se em 2015 tínhamos o registo médio de 71 ocorrências/dia a nível nacional, em 2018 esta média caiu para 49. E em 2019, no primeiro semestre, a média é de 20.3 ocorrências por dia a nível nacional”.

E que em 2015 havia ocorrências diárias em 14 dos 22 municípios, mas neste momento acontecem apenas em cinco municípios.

Tudo isso, sentenciou, é o resultado de um quadro de medidas que o Governo tem tomado e de investimentos que foram feitos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.