Atelier de validação da Estratégia Nacional de Controle, Prevenção e Luta contra os Parasitas

30/07/2019 23:37 - Modificado em 30/07/2019 23:37
| Comentários fechados em Atelier de validação da Estratégia Nacional de Controle, Prevenção e Luta contra os Parasitas

A campanha agrícola 2017/2018 foi marcada por um início tardio da estação pluviosa e por uma distribuição irregular das chuvas no espaço e no tempo. As primeiras chuvas só começaram na segunda metade de julho e cessaram precocemente (fim de agosto/início de setembro).

Face a esta situação, o Governo de Cabo Verde implementou um programa de emergência de mitigação dos efeitos de seca e do mau ano agrícola 2017/2018, compreendendo três grandes componentes. O salvamento do gado, a gestão da água e a criação de empregos para as famílias afetadas.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), através do Projeto “Assistência de urgência para o reforço dos meios de existência dos criadores vulneráveis afetados pela seca” – TCP/CVI/3608, financiou o programa no montante de 500 000 dólares ao Governo de Cabo Verde, nomeadamente ao Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), para apoiar os criadores mais afetados pela seca, intervindo na campanha de luta ectoparasitária e no reforço das capacidades nacionais em gestão de riscos e catástrofes ligados ao sector agrícola.

Como atividade deste projeto, o MAA, o INIDA e a FAO promoveram um encontro de trabalho esta terça-feira, 30 de julho na cidade da Praia, para discutir e aprovar a Estratégia Nacional de Controlo, Prevenção e Luta contra os Parasitas, que delineia as ações que devem ser levadas a cabo, visando o controlo sustentável e duradoiro das populações de endoparasitas e ectoparasitas (carrapatos, ácaros da sarna, piolhos, etc.), assegurar a sanidade animal, garantir a proteção da saúde pública veterinária e humana e, contribuir assim para a segurança alimentar, sobretudo das famílias que tem na atividade pecuária a sua principal fonte de renda.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.