Centro Cultural do Mindelo: Artista Plástico Jairson Lima expõe “Evoluçon”

29/07/2019 00:39 - Modificado em 29/07/2019 00:40

Jairson Lima jovem artista plástico de 33 anos, nasceu na ilha de São Vicente, mas cedo, ainda com oito anos de idade, iria viver para a ilha de Santo Antão. É assim dando seguimento a um processo evolutivo, vai apresentar ao público sanvicentino, no dia 2 de Agosto, no Centro Cultural do Mindelo, em comemoração aos seus 10 anos de carreira, a sua mais recente obra, de nome “Evoluçon”.

“O amor pelas artes plásticas é algo que vive em mim desde sempre. Ainda em pequeno comecei a fazer os meus primeiros rabiscos em papel. Depois, com o passar do tempo eu comecei a dedicar-me de uma forma mais consciente. Em 2009 já tinha várias pinturas e arisquei em fazer a minha primeira exposição, desde então nunca mais parei” diz Jairson Lima.

O artista classifica estes dez anos do seu percurso como “muito gratificante” pois, segundo diz o mesmo “Hoje em dia já tenho mais seguidores o que valoriza muito mais os meus trabalhos. Consegui ficar conhecido a nível nacional e internacional, já com passagem por Portugal e França, e com convite para retornar para Europa. Isso foi um passo que eu sempre quis alcançar, e agora os convites só aumentam o que é muito gratificante e positivo na vida de qualquer artista. Ver o seu trabalho reconhecido e valorizado”.

O foco de Jairson nas suas obras é mostrar a vivência cabo-verdiana passando pela música, cultura dança, a mulher africana, os seja o “folclore das ilhas”, o quotidiano cabo-verdiano, que segundo o mesmo é a sua maior inspiração na execução das suas obras.

Tirando o tempo que Jairson dedica às suas obras, o artista também realiza laboratórios de pintura para crianças quando se tem convites, com o objectivo de despertar nessas crianças o interesse pela arte plástica e motivar os mesmos a seguir por esse caminho.

“Evoluçon” é o nome da nova colecção de Jairson Lima, por retractar a sua evolução ao longo destes 10 anos como artista plástico e também com o intuito de reflectir a sua evolução tanto a nível profissional como pessoal.

A colecção já passou pelas ilhas de Santiago e Santo Antão, sendo agora a vez de Mindelo receber a “Expo. Evoluçon”. Porém, é sua intenção, caso hajam convites e parcerias, expor as suas obras em outras ilhas.

Jairson Lima diz que suas expectativas em relação a esta exposição são enormes, sendo esta na sua terra natal. Tendo-se apresentado várias vezes em Mindelo, o artista salienta que o estado é de nervosismo e com um “friozinho no pé da barriga, porque hoje em dia eu faço minhas pinturas com mais consciência profissional. Espero, na abertura da exposição uma sala cheia de amigos, fãs, conhecidos e amantes da arte no geral”.

Após a exposição no Mindelo, onde pensa regressar brevemente para uma outra exposição – ainda por confirmar -, Jairson segue para Europa para realizar algumas exposições.  Em Itália, mais precisamente na Toscana, já está confirmada.

Mas antes, o Centro Cultural do Mindelo abre portas pelas 19 horas do dia 2 de Agosto para a inauguração da exposição “Evoluçon” que estará patente ao público até o dia 2 de setembro.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.