CV Airlines aumenta em 30% passageiros transportados após privatização

26/07/2019 18:13 - Modificado em 26/07/2019 18:13
| Comentários fechados em CV Airlines aumenta em 30% passageiros transportados após privatização

A Cabo Verde Airlines, transportou 40.857 passageiros entre Marços e Maio, logo após a venda da posição maioritária do Estado de Cabo Verde, um aumento homólogo de 30%, e prevê alargar ligações internacionais a Luanda e Washington.

A informação é avançada pelo presidente e diretor executivo da CVA, Jens Bjarnasson à agência Lusa. Segundo o mesmo “O desempenho da Cabo Verde Airlines, até agora, está de acordo com o plano de negócios desenvolvido antes da compra da participação” acrescentou.

De referir que em Março deste ano, o Estado de Cabo Verde vendeu 51% da companhia aérea nacional TACV por 1,3 milhões de euros à Lofleidir Cabo Verde, uma empresa detida 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários irlandeses com experiência no sector da aviação.

A frota atual da CVA é composta por três Boeing 757-200, com a companhia aérea cabo-verdiana a garantir ligações do arquipélago para Dakar, Lisboa, Paris, Milão, Roma, Boston, Fortaleza, Recife e Salvador.

A CVA, no entanto, prevê reforçar a frota com dois adicionais Boeing 757-200 a partir de Novembro, garantiu Jens Bjarnasson, bem como alargar as ligações internacionais da companhia, até final do ano a Luanda, Washington, Lagos e Porto Alegre.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.