A CCAD e a Rede de Parlamentares População e Desenvolvimento promovem sensibilização sobre lei do álcool

22/07/2019 15:35 - Modificado em 22/07/2019 15:35
| Comentários fechados em A CCAD e a Rede de Parlamentares População e Desenvolvimento promovem sensibilização sobre lei do álcool

A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD)  e a Rede de Parlamentares – População e Desenvolvimento, em parceria com instituições locais, promoveram na Delegacia de Saúde de S. Vicente, a socialização da Lei que determina o regime de disponibilização, venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, locais abertos ao público e locais de trabalho dos serviços e organismos da Administração Pública central e local e das entidades privadas.

Essa socialização teve como objetivo contribuir para que as instituições locais e a população colaborem na implementação e fiscalização da nova lei e, simultaneamente, sensibilizar as diferentes partes para a necessidade de uma ação conjunta nesta matéria.

Fernanda Marques, Secretaria Executiva da CCAD, durante a sua intervenção sublinhou “Acho que é uma lei muito relevante e importante para o país e para os profissionais da saúde, que vem ajudar no controlo do consumo abusivo do álcool em Cabo Verde. Digo isso porque sabemos que os problemas são muitos, principalmente na parte da saúde, que é levado até a última consequência devido a esse consumo indevido e abusivo”.

Fernanda Marques diz ainda que a lei ajuda, entretanto sublinha que é preciso haver outras medidas. “Faz parte do plano nacional integrado multissectorial integrado no combate dos problemas ligados ao álcool e que tem outras medidas, evidentemente ligadas a prevenção, a informação, a sensibilização, o tratamento, e reinserção, mas sem dúvida alguma o aspecto legal é fundamental e evidentemente que tem que ser aplicado.” elucidou.

Da parte da Rede dos Parlamentares, Carlos Monteiro, Deputado do MpD, diz que a missão do Parlamento não é só para legislar, fazer as leis, mas também para dar conhecimento à sociedade da nova lei que vai entrar em vigor. “Uma lei muito exigente, onde os profissionais da saúde vão ter um papel crucial, na questão de testes que vão ser feitos nas pessoas, despiste de alcoolismo e outros tratamentos que vão ter e que estão previstas nessa lei”.

De lembrar que a referida lei foi aprovada por unanimidade no Parlamento Nacional e vai entrar em vigor no dia 5 de outubro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.