Movimento Jovens Pela Paz lança iniciativa “Viva os Idosos”

22/07/2019 14:53 - Modificado em 22/07/2019 14:53

A iniciativa será lançada esta quarta-feira, 24 de julho, em Ponta Água, nas instalações da Radio Comunitária da zona. O investimento é de 1.200 contos e financiado pela MFIS.

O projeto destina-se a 25 idosos com idade entre os 55 e 80 anos, dos bairros de Ponta de Água, São Filipe, Safende, Vila Nova, Calabaceira, Achadinha Pires, Castelão e Achada Mato. Indiretamente o projeto vai impactar 25 famílias dos idosos e 50 jovens que vão diretamente ser os beneficiários do projeto.

Para o movimento, os idosos são uma fonte de sabedoria e memória do passado que pode iluminar o presente para construir um futuro de harmonia e sustentável que almejamos. Valorizar este poço de humanidade e humanismo que cada idoso conserva, é um dever e uma mais-valia para a nova e actual geração.

O movimento Jovens pela Paz considera que existe uma “clara tendência de descartar os idosos e impor-lhes o isolamento nas famílias. O projeto pretende contribuir para conter esta realidade e oferecer aos idosos oportunidade de serem úteis e aos jovens o privilégio de aprender e escutar o passado em pessoa, ao mesmo tempo educar para a relação pessoa a pessoa que tende diluir com o eclodir das redes sociais e interações virtuais.

O objetivo é contribuir para valorizar a dignidade e sabedoria dos idosos através do acolhimento e serviço aos idosos e interação com os jovens e as crianças.

 “Jovens pela Paz – JxP”, é um movimento mundial de jovens que nasceu no seio da comunidade de Santo Egídio que é um movimento internacional muito conhecido na promoção da paz e mediação de conflitos e cultura de encontros e fraternidade.

São jovens que frequentaram a escola da paz e ou são amigos e que estando em idade jovem sentiram também o dever de colaborar na promoção da cultura vida e de paz, tão necessários a nossa sociedade. A abordagem é através da metodologia Ver, Sonhar e Agir.

Recentemente o movimento Jovens Pela Paz foi reconhecido com o prémio CNDHC 2017 na categoria combate a violência e promoção da cultura da paz pelos esforços e resultados no fomento da cultura da Movimento Jovens Pela Paz – Cultiva Paz Sempre paz na cidade.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.