Argélia bate Senegal e sagra-se campeã africana

19/07/2019 23:58 - Modificado em 19/07/2019 23:58

Golo solitário de Baghdad Bounedjah selou a final disputada no Cairo.

A seleção argelina sagrou-se, esta sexta-feira, campeã da 32.ª edição da Taça das Nações Africanas (CAN), ao bater, na final, a congénere do Senegal, por 1-0.

O primeiro e único golo da partida surgiu logo aos dois minutos, quando Baghdad Bounedjah ‘disparou’ de fora da grande área, com a bola a ressaltar em Sali Sané e a ‘trair’ o guarda-redes Rais M’Bolhi.

Uma noite que, de resto, foi feliz para três caras conhecidas do futebol português: Rafik Halliche (Moreirense), Yacine Brahimi (ex-FC Porto) e Islam Slimani (ex-Sporting). O primeiro não saiu do banco, ao passo que os dois outros entraram já na reta final.

Esta é apenas a segunda vez que a Argélia se sagra campeã africana. A última foi em 1990, quando derrotou a Nigéria na final pela margem mínima, graças a um golo solitário de Chérif Oudjani.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.