Diretor da Missão Naval do Brasil substituído diz que o país precisa se documentar mais

18/07/2019 00:08 - Modificado em 18/07/2019 00:08
| Comentários fechados em Diretor da Missão Naval do Brasil substituído diz que o país precisa se documentar mais

Após dois anos a exercer o cargo de Diretor da Missão Naval do Brasil em Cabo Verde, uma cooperação militar envolvendo a Marinha do Brasil e a Guarda Costeira de Cabo Verde, o Capitão de Fragata Kaio Reich Bulhões de Morais foi substituído pelo Capitão de Fragata Marcus Vinicius.

Numa cerimônia militar, no Comando da Guarda Costeira, em São Pedro, São Vicente, o novo Director da Missão Naval do Brasil, o Capitão-de-fragata, Marcus Vinicius Povoa Nobrica, da Marinha do Brasil, diz que é uma honra e satisfação estar no país nesta cooperação que vem solidificando e a expectativa é consolidar o trabalho feito ao longo deste últimos anos, pelo seu antecessor.

E, para tal, terá como missão solidificar o que já foi implementado, promover melhorias na manutenção de meios operativos, considerando que esta é uma realização profissional e pessoal.

Por seu lado, o antigo diretor diz que sai de sentimento de missão cumprido, porque a equipa que tomou posse agora, chega com capacidade de atuar na área da manutenção e treinos, algo que é importante para o desenvolvimento de Cabo Verde. “Agora vai iniciar o trabalho. Estava a mapear e propor uma equipa de especialistas que pudesse contribuir”.

E que a sua missão consistia em mapear o que era necessário, em termos de qualificação de pessoal, para poder apoiar a estruturação e desenvolvimento da guarda costeira. “Tem pessoal qualificado na parte de formação, mas precisa se documentar mais. Mais normas e procedimentos para quando acontecer a passagem de função nos navios, já tenham o que consultar através de memórias, de um documento escrito.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.