César Lima afasta responsabilidades na eliminação da seleção de São Vicente no Inter-Ilhas

15/07/2019 23:56 - Modificado em 15/07/2019 23:56

César Lima, presidente da Associação Regional de Futebol de São Vicente (ARFSV), questionado acerca das críticas feitas à eliminação prematura, ainda na fase de grupos, da seleção de S. Vicente na Taça Independência, afastou qualquer responsabilidade por tal acontecimento.

No entanto, destaca que em futebol as críticas são normais. “Estamos no futebol, é normal sermos criticados. É claro que lamento a impossibilidade da ilha não ter conseguido revalidar a Taça Inter-Ilhas”.

E que em vez de se criticar, diz que “devíamos unir-mo-nos e trabalhar em torno de um objectivo, porque quem sai a ganhar sempre é o futebol, é São Vicente e o desporto de Cabo Verde”.

O Presidente da ARFSV avançou ainda que “o futebol é assim, não podemos ganhar todas as vezes, independente da escolha de cada um: Se fosse outro treinador também seria igual ou pior, aqui não está em causa o trabalho de cada um”, ajuntou.

De lembrar que a selecção de São Vicente na Taça do Inter-Ilhas obteve dois empates, uma derrota e uma vitória, o que acabou por não ser suficiente para a selecção passar para a fase seguinte.

  1. Carlos Dias

    Muito fraquinho para uma ilha que detém o campeão nacional.
    Não se ganha todos os dias e todos os jogos, mas S. Vicente tem o dever de estar ao menos nos quartos de final.
    A equipa técnica pareceu ser fraquinha.

  2. Maria Gaudencio

    kkkkk

    ess equipa era de kiki e nao selecção de s.vicente. s.vicente kative nada a haver com ess equipa de um grupo de gente de soncente.

    por isso que bsot tchemal seleção de soncente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.