Augusto Neves acusa PAICV e UCID em São Vicente de estarem a incitar à violência na ilha

15/07/2019 13:52 - Modificado em 15/07/2019 14:08

Augusto Neves chama de anarquistas e desordeiros, ao presidente da União Cabo-verdiana Independente e Democrática e ao Coordenador do Partido Africano de Independência de Cabo Verde em São Vicente.

Para o Presidente da Câmara Municipal de São Vicente, estes partidos e grupos, o SOKOLS 2017, estão incitando à violência numa ilha “pacata de pessoas honestas e trabalhadoras”.

“Uma ilha com uma população calma e tranquila. Com segurança e que inspira tranquilidade” e que a edilidade trabalha todos os dias para ter São Vicente como destino turístico” diz Augusto Neves que acusa Alcides Graça e António Monteiro de, através das suas declarações à imprensa, na passada sexta-feira, quererem “prejudicar e afundar” a ilha.

Em declarações prestadas à imprensa esta manhã, nos Paços do Concelho, Neves diz que os dois partidos da oposição estão a servir de “bengala”, referindo-se ao SOKOLS 2017, a pessoas que não conhecere a realidade de São Vicente “e que andam por aí em demagogia”.

Adiantou tratar-se de “pessoas que fugiram da ilha há 30 anos, por vários motivos. Quando a situação estava boa na Europa, não se lembraram que São Vicente existia. Como a vida complicou-se por lá, ai recordaram que eram daqui”. Por isso eles “bem pta rede e ficaram”, critica Neves que defende que gostaram e ficaram, porque muitos que estiveram aqui em São Vicente a trabalhar “duramente, nesses mais de trinta anos, e conseguiram colocar esta ilha à altura ao ponto de gostarem e ficarem após o regresso”.

Continuando no mesmo tom de acusações, Augusto Neves disse que não “fazia mal nenhum” ao SOKOLS 2017 retirar as máscaras e revelar “sem covardia o seu partido”, neste caso, o PAICV. Relembrando que no próximo ano há eleições e que todos estarão aqui para apresentar as suas propostas e serem avaliadas pela população.

Mais uma vez, o edil Mindelense contesta o SOKOLS 2017, questionando sobre o seu paradeiro nos últimos “15 anos de governação desastrosa do PAICV em que conseguimos demonstrar à população que o caminho era outro”.

Portanto, considera “ absurdo e ridículo” exigir em 3 anos, o que não foi feito e resolvido em 15 anos de governação “desastrosa”.

“A UCID e o PAICV querem apanhar a boleia no SOKOLS 2017 apelando à desordem e discórdia”, ajuntou Augusto Neves, alegando que estes, Alcides Graça e António Monteiro, só sabem criticar por criticar, mas que não “apresentam propostas concretas”.

  1. Irivan Santos

    Sr presidente,
    Na verdade o sr tem estado pouco ou nada activo nessa governação da câmara. Todos os dias assistimos na TVEC inaugurações de obras municipais por todos os cantos de CV e é com tristeza que não se vê nada em S.Vicente. Nem no dia do município de SV se inaugurou uma pocilga sequer. O sr tem estado em silencio quanto ao corte dos voos da CV airlines de e para SV. Hoje um papagaio do mpd disse que foi por causa dos voos dos TACV para SV é que aquela empresa foi a falência. Espero que o sr como representante máximo desta ilha de SV vai repor a verdade. Primeiro SV, depois CV e por ultimo mpd, não acha? Se pensar e agir assim votarei em si nas próximas eleições se não for irei fazer campanha contra. Estamos combinados.

  2. SokolGust

    Então a Sokols é só o Salvador ? ou todos estiveram fora durante 30 anos? KKKKKKK
    Essa é boa Sr.Presidente !
    Mas como disse e bem a Mascara da Sokols tem que cair , pois estes tem algum interesse na politica , mas não nos façam de parvos, nós que labutamos todos os dias por esta ilha.
    Trabalhem e deixem de demagogia barata !

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.