Exploração sexual de crianças relacionadas com o turismo preocupa ACRIDES

11/07/2019 23:36 - Modificado em 11/07/2019 23:36
| Comentários fechados em Exploração sexual de crianças relacionadas com o turismo preocupa ACRIDES
Foto: Inforpress

A exploração sexual de menores através do turismo representa uma das principais recomendações saídas do Comité Internacional sobre o Combate e Prevenção Contra Exploração e Abuso Sexual de Crianças em Cabo Verde, socializado hoje, no Mindelo.

A situação, segundo a secretária executiva da Associação de Crianças Desfavorecidas (ACRIDES), Carmen Delgado, coordenadora nacional das redes locais, lidera as denúncias e é tido como um dos principais problemas violador dos direitos da criança, constantes do relatório apresentado ao Comité Internacional dos Direitos da Crianças, em 2017, pela Comissão Nacional de Direitos Humanos e Cidadania (CNDHC).

Por isso, a razão desta socialização realizada hoje, no Mindelo, para abordar as recomendações do comité, que fala sobre a necessidade de se dar “melhor resposta” ao turismo que deve ser “sustentável e amigo da criança”.

Nesta senda, ajuntou, a rede nacional pretende trabalhar para encontrar soluções, que não tragam “situações graves”, inclusive de exploração sexual, que, considerou, existe em Cabo Verde, não só em São Vicente, mas também em todas as ilhas.

“Nós somos um país que vive do turismo e devemos investir neste sector, mas que seja sustentável”, disse Carmen Delgado, justificando a realização deste ateliê para recolher subsídios para estas e outras recomendações e “melhorar o sincronismo” entre as entidades responsáveis.

 Fonte : Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.