Bebé colombiano nasce com cauda

11/07/2019 15:59 - Modificado em 11/07/2019 15:59

Especialista argumentou que durante as quatro e as oito semanas de gestação, dentro do útero, todos os bebés desenvolvem uma cauda humana.

Um bebé colombiano nasceu com uma cauda de 13 centímetros nas costas. A anomalia foi fotografada e as imagens já se tornaram virais.

Presume-se que o caso tenha ocorrido na Colômbia, embora não seja o primeiro de seu tipo, porque sabe-se de outras anomalias, que, segundo os médicos, não são comuns. Bem, no mundo, existem apenas registros de menos de 100 casos de humanos nascidos com cauda vestigial.

O especialista que liderou o processo de gestação argumentou que durante as quatro e oito semanas de gestação, dentro do útero, todos os bebês desenvolvem uma cauda humana, mas ao mesmo tempo, por um gene que possuem, essa cauda é absorvida pelo organismo, razão pelo qual eles nascem sem esse membro. Neste caso, o gene do menor não foi expresso e permitiu o desenvolvimento da cauda.

A cirurgia para remover o membro foi feita em cerca de uma hora.

No processo, todas as estruturas foram identificadas, de modo que a cauda não teve relação com os nervos internos ou com a medula, e foi possível isolar sem grandes problemas.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.