GeoCapital deixa a Caixa Económica de Cabo Verde

8/07/2019 23:25 - Modificado em 8/07/2019 23:25
| Comentários fechados em GeoCapital deixa a Caixa Económica de Cabo Verde
Foto: Expresso das Ilhas

O Governo cabo-verdiano e a sociedade macaense GeoCapital, de Stanley Ho e Ferro Ribeiro, assinaram esta segunda-feira o contrato de compra e venda das ações detidas pela sociedade macaense GeoCapital na Caixa Económica de Cabo Verde, cuja aquisição será feita pela International Holding Cabo Verde, do empresário espanhol Enrique Bañuelos de Castro.

A totalidade dessas ações, 27.44% do capital da instituição, vai ser adquirida pelo Estado de Cabo Verde.

Esta iniciativa do Governo enquadra-se no âmbito de transformar Cabo Verde num país plataforma de financiamento.

Em comunicado, o Banco de Cabo Verde (BCV) informou que a International Holding Cabo Verde comunicou a esta entidade, em julho do ano passado, a sua intenção de “adquirir ações representativas de até 30% do capital social da Caixa Económica de Cabo Verde”.

Quatro meses depois, em Dezembro, a GeoCapital – Gestão de Participações, comunicou ao Banco Central cabo-verdiano a pretensão de “alienar as ações” que compunham a sua participação qualificada na Caixa Económica de Cabo Verde, representativas de 27,44% do capital social desta instituição financeira.

Após efetuadas as diligências previstas na lei, o conselho de administração do BCV deliberou, durante a reunião da sessão ordinária de 21 de dezembro de 2018, “aprovar a aquisição de participação qualificada correspondente a 27,44% das ações da Caixa Económica de Cabo Verde”.

“O Banco de Cabo Verde, enquanto autoridade de supervisão do sistema financeiro nacional, comunica a sua não objeção ao processo de aquisição em apreço e entende que o adquirente dá garantias de uma gestão sã e prudente da Caixa Económica de Cabo Verde”, lê-se no comunicado.

A estrutura acionista pretendida pela Caixa Económica de Cabo Verde é composta pelos acionistas Instituto Nacional de Previdência Social (32,60%), IHCV – International Holding Cabo Verde, SGPS Sociedade Unipessoal Lda (27,44%), Correios de Cabo Verde (15,14%), Ímpar – Seguradora (12,07%) e outros subscritores ou trabalhadores (12,8%).

A Caixa Económica foi criada a 18 de maio de 1928, tendo na altura a designação de “Caixa Económica Postal”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.