Mãe é contra mas tribunal decretou que bebé terá transfusão de sangue

4/07/2019 21:03 - Modificado em 4/07/2019 21:04
| Comentários fechados em Mãe é contra mas tribunal decretou que bebé terá transfusão de sangue

Decisão em tribunal britânico volta a lançar debate sobre direitos e matérias religiosas.

Um tribunal britânico decretou na última quarta-feira que um recém-nascido vai receber transfusão de sangue, apesar de tal ser contra as crenças da mãe.

A mãe é Testemunha de Jeová, uma religião onde as transfusões de sangue desafiam as crenças vigentes, suportando-se tal crença em interpretações de passagens bíblicas.

O bebé em causa é um menino de três semanas de idade que se encontra internado e gravemente doente.

Escreve o Mirror que a decisão do tribunal foi tomada após ser tida em conta a opinião dos especialistas médicos, que consideraram que a criança estava em risco de vida caso não fosse alvo de uma transfusão de sangue.

A identidade da criança não foi revelada mas sabe-se que o pedido de análise por parte da Justiça foi feito pelos membros do Conselho de Saúde da Universidade de Cardiff e Vale, entidade que integra o hospital universitário local de Cardif, no País de Gales.

A administração hospitalar fez o pedido com máxima urgência. O juiz deu a autorização após considerar que ficou provado que a criança estava gravemente doente e que este procedimento médico era necessário.

O tema tem despertado debate sobre religião, direitos de menores e liberdade religiosa.

Por Notícias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.