FAO apresenta “Economia Azul” no Cabo Verde Investment Fórum

3/07/2019 00:21 - Modificado em 3/07/2019 00:21

A Representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura abordou a Economia Azul, nomeadamente o “Projeto de Apoio à Transição para a Economia Azul” em execução pela FAO em Cabo Verde, no âmbito do Fórum de Investimentos em Cabo Verde, que decorreu na ilha do Sal nos dias 01 e 02 de julho.

O Projeto do Governo, através do Ministério da Economia Marítima, conta com o financiamento do Banco Africano do Desenvolvimento (BAD) e assistência técnica da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) para elaboração de um conjunto de instrumentos nacionais, visando a promoção do processo de transição para a Economia Azul.

O conceito de “Economia Azul” foi adotado pelo executivo cabo-verdiana como mecanismo para alcançar um desenvolvimento económico baseado na preservação sustentável dos recursos oceânicos e costeiros.

A Economia Azul abrange vários setores-chave da economia nacional, incluindo: a pesca e aquacultura; processamento do pescado; construção e manutenção de navios e embarcações de recreio; biotecnologia; dessalinização; pesquisa; biodiversidade; turismo costeiro; transporte de passageiros; frete marítimo; operações portuárias; desenvolvimento costeiro; formação marítima; serviços bancários e seguros; indústria farmacêutica; energia renovável, entre outros.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.