Incêndio destrói instalações que fornecem gás natural à Península Ibérica

2/07/2019 11:48 - Modificado em 2/07/2019 11:48

Um incêndio de grandes dimensões destruiu grande parte das instalações de transformação de gás natural liquefeito da Sonatrach, na cidade argelina de Bethioua-Arzew, principal fornecedor de gás natural da Península Ibérica e estratégica para a Europa.

O fogo começou na segunda-feira à noite e propagou-se rapidamente pelo interior do complexo, próximo de Orán, segunda maior cidade do país, depois de se produzirem fortes explosões, informou hoje a rádio nacional argelina.

A fonte não avançou explicações sobre a possível causa das deflagrações nem o alcance dos danos materiais, adiantando que quatro pessoas ficaram gravemente feridas, mas que não houve mortes.

Os bombeiros especializados foram enviados para a área, mas ainda não há informações sobre se o incêndio está totalmente extinto.

Na internet circulam, no entanto, numerosos vídeos filmados durante a noite, entre os quais um difundido pela estação de televisão privada Ennahar, no qual se pode observar as chamas a consumir um dos edifícios.

A Argélia é o décimo maior produtor de gás natural do mundo e o sexto exportador mundial, sendo o maior fornecedor de petróleo e gás da Península Ibérica.

No início de junho, a Sonatrach e a portuguesa Galp Energia assinaram um conjunto de acordos estratégicos visando o reforço do fornecimento de gás natural argelino ao mercado nacional.

Além disso, o gasoduto de Medgaz, que parte do deserto argelino e desemboca na cidade costeira espanhola de Almeira, depois de cruzar o Mediterrâneo, é uma das artérias energéticas estratégicas da Europa, sendo responsável pelo fornecimento de 75% do gás para o continente.

Por Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.