Pelo menos 36 mineiros ilegais morreram numa mina no Congo

27/06/2019 17:28 - Modificado em 27/06/2019 17:28
| Comentários fechados em Pelo menos 36 mineiros ilegais morreram numa mina no Congo

Pelo menos 36 mineiros ilegais morreram hoje, no colapso de uma mina gerida pela Kamoto Copper Company (KCC) em Kolwezi, província de Lualaba, na República Democrática do Congo, noticiou o portal de notícias congolês Actualide.cd.

Segundo o mesmo portal, o registo oficial é ainda provisório, tudo indicando que existam outros corpos sob os escombros.

“Apesar dos apelos que proíbem a entrada ilícita nesta pedreira, os mineiros não respeitam isso. Esta situação pode levar a empresa a fechar, o que será prejudicial para a província”, disse Richard Muyej Manguez Mans, governador de Lualaba.

A empresa KCC explora cobre e cobalto na província de Lualaba. Em novembro de 2018, a empresa suspendeu temporariamente a exportação e a venda de cobalto do seu projeto Kamoto, na República Democrática do Congo, preferindo focar-se na pesquisa de urânio.

Por Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.