Nova de sala de espera do banco de urgências de adultos do HBS irá permitir que haja maior organização e triagem dos doentes

19/06/2019 12:57 - Modificado em 19/06/2019 12:58

A nova sala de espera do Banco de Urgência do Hospital Baptista de Sousa irá trazer aos serviços hospitalares uma maior qualidade da prestação do atendimento, maior segurança e eficiência do Serviço de Urgência, garante a presidente do Concelho de Administração do hospital.

De acordo com a direcção do hospital, essa reorganização fazia-se necessária para o adequado atendimento dos vários tipos de urgências que são atendidas neste local, desde não urgente a emergente, diferenciados pela triagem de prioridades e pelo crescente aumento da população e seus novos desafios.

“Pretende-se ainda melhorar a acomodação dos acompanhantes, que terão um espaço mais acolhedor durante a espera dos seus familiares ou amigos”, explica Ana Brito.

A antiga sala de espera, que antes tinha utentes, doentes e acompanhantes vai receber obras e fará parte do local de atendimento que vai ser expandido. Esta medida irá também, segundo Ana Brito, trazer novos reforços, no que tange ao pessoal de enfermagem do Banco de Urgência e possivelmente do pessoal médico também. “Neste momento o Banco de Urgência conta com cerca de dois a três médicos de medicina geral, um de cirurgia e um ortopedista. São quatro a cinco médicos que formam uma equipa em conjunto com os enfermeiros”.

Em relação ao número de doentes que diariamente procuram os serviços de urgência do hospital, o diretor do Banco de Urgência de adultos, Paulo Almeida, diz que são em média cerca de 140 doentes por dia. “Ao termos uma sala de acompanhantes, esta irá liberar a segunda sala, que entrará em obras, e assim possibilitar um melhor serviço de triagem, para que a observação médica de doentes triados seja feito em simultâneo, como manda o Protocolo Internacional de Triagem de Manchester, que está a funcionar desde de 2014”, explica Almeida.

É portanto um aumento da qualidade de atendimento de fronte office e aumenta também a qualidade de observação do doente em termos de segurança, garante o diretor do serviço.

Em representação da Move, que financiou o novo espaço, Sónia Morais diz que a construção da sala de urgência, mostra a intenção da empresa de dar o seu contributo no tocante a responsabilidade social, ao proporcionar um espaço de” indiscutível necessidade e utilidade para todos e que irá melhor as condições aos que buscam os serviços de atendimento do HBS”.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.