Preço das verduras: especulação em nome da falta de chuva

18/06/2019 01:37 - Modificado em 18/06/2019 01:37

Esta é uma situação que se tem arrastando há muito tempo e tem recebido diversas criticas por parte da população, no sentido que os vendedores tem “feito um aumento absurdo no preço das hortaliças”. Os vendedores defendem a sua posição, alegando que a falta de chuva tem sido a principal razão para o constante aumento do preço das verduras.

Uma vendedeira do Mercado da Rua de Lisboa, diz que compra os seus produtos a agricultores da zona do Madeiral, da ilha de São Nicolau e Santo Antão, para depois revender. “A falta de chuva é a  principal causadora do aumento dos preços. Os agricultores já não dispõem de muita água na nascente, o que diminui a produção das verduras, e seguindo a lógica quando menor é a produtividade maior é o preço”.

Segundo a mesma, os preços variam conforme for a compra. Ou seja, caso compre um quilo de batata por 100$00 ela irá revender por 130$, e assim por diante, de forma a obter algum lucro.

Em relação àqueles que são vendedores ambulantes, estes costumam vender a um preço mais baixo. “Os preços dos produtos do mercado e das ruas as vezes é igual, quando vendem a um preço menor nas ruas, nós fazemos o mesmo aqui dentro do mercado”. 

Portanto, asseguram que apesar das reclamações feitas pelos compradores, estão a tentar ganhar o seu sustento. “A mãe natureza não está a nosso favor. Não tem chovido, as fontes estão a secar, as plantas não crescem, o que acaba por dificultar a produção dos agricultores e estes vendem os legumes a um preço mais alto” realçou outra vendedeira que vende seus produtos na Praça Estrela.     

Na Rua de Praia os vendedores ambulantes de hortaliças compartilham da mesma ideia.

Contudo, acrescentam ainda que os preços não são fixos e estes variam conforme o preço de compra.

Questionados alguns clientes, estes dizem-se conscientes da subida dos preços, mas compram mesmo assim os seus legumes, não se importando se estão caros ou não.

Dizem  que deve-se levar em conta a actual situação dos agricultores, devido a falta de chuva, o que faz com que os preços sejam inflacionados.

  1. bia

    Falta de chuva no mês de junho?

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.