Santiago: PJ procura por primas desaparecidas desde 06 de Junho

18/06/2019 00:46 - Modificado em 18/06/2019 00:46

A Polícia Judiciária informou, nesta segunda-feira, que Isolina Borges Furtado e Paula Cristina Monteiro, de 18 e 14 anos respectivamente, residentes na localidade de Achada Lém, concelho de Santa Catarina, Santiago, encontram-se desaparecidas desde o dia 06 de Junho.

De acordo com a PJ, as duas primas terão saído de casa sem avisar, primeiro no dia 29 de Maio, para irem a uma festa na localidade de Ribeira da Barca, tendo regressado à casa no dia 01 de Junho. Já no dia 02 de Junho, a jovem Isolina e a prima menor voltariam a sair de casa em Achada Lém, tendo sido localizadas na casa de um familiar no bairro de Achada Mato, na cidade da Praia.

A mesma fonte sustenta que as duas primas voltaram a sair de casa no passado dia 06 de Junho, mas desde então não fizeram nenhum contacto. Neste sentido, a PJ esclarece que recebeu a queixa do desaparecimento das duas jovens, no dia 13 deste mês, tendo a mesmo desencadeado de imediato, diligências no sentido de as encontrar, mas que até ao momento todas as tentativas revelaram-se infrutíferas.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.