Condutora emocionou-se com miséria de idoso que levou a casa e fez isto

17/06/2019 01:08 - Modificado em 17/06/2019 01:08
| Comentários fechados em Condutora emocionou-se com miséria de idoso que levou a casa e fez isto

Veterano de guerra vivia em casa sem condições de higiene. Condutora de Uber é responsável por onda de solidariedade.

Uma condutora de Uber chamada para ir a um hospital recolher um idoso não queria acreditar no que via quando ajudou o homem a entrar em sua casa, no condado de Henry, no estado norte-americano da Georgia.

Ronald Dembner, um veterano de guerra de 89 anos de idade, é viúvo e vive sozinho com um cão. O idoso não tem parentes vivos e diz que nunca chamou alguém para limpar porque tem medo que o expulsem de casa.

Lauren Mulvihill, a condutora de Uber, explicou que a casa não tinha as mínimas condições de higiene, sobretudo por ter um cão. Percebendo que não conseguiria limpar tudo sozinha, recorreu ao Facebook para pedir voluntários.

A resposta foi emocionante. De acordo com a CNN, dezenas de voluntários apareceram na morada e puseram mãos à obra. No espaço de uma semana, toda a casa ficou livre de lixo, mobília apodrecida e carpete envelhecida.

Há pessoas que vão entregando comida, tanto ao idoso como a quem ajuda nas remodelações, e há enfermeiras que vão de vez em quando verificar que está tudo bem.

A condutora explicou que ainda falta pintar as paredes e colocar chão novo, assim como resolver o problema que existe com mofo. Porém, com quase dois mil membros no grupo de ajuda, e uma planificação feita por quatro pessoas, Lauren está otimista.

“Ele está muito agradecido, está sempre a fazer rir. Está sempre a dizer, ‘eu não sei o que fiz para merecer tudo isto de tanta gente’”, afirmou.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.