Presidência da República quer instaurar o Dia Nacional de Luta Contra o Uso Abusivo do Álcool

13/06/2019 12:55 - Modificado em 13/06/2019 12:55

O objetivo é conscientizar os cabo-verdianos sobre o consumo excessivo de álcool e os males que essa prática pode ocasionar.

Entre as principais consequências, o abuso do álcool, ao longo dos anos, lesiona o fígado, causando inflamação crônica e fibrose. Danos no sistema nervoso, gastrites e úlceras, danos hepáticos e câncer são algumas das enfermidades que podem aparecer pelo seu consumo excessivo. Além de ser prejudicial à saúde, a bebida alcoólica é também uma das maiores causas dos acidentes de trânsito.

O alcoolismo é uma doença crônica que atinge mais homens do que mulheres em todo o mundo e é responsável por destruir famílias e a vida social de quem bebe em excesso.

.

A Campanha de Prevenção do uso abusivo de álcool – Menos Álcool, Mais Vida -, iniciativa presidencial de combate ao Uso Abusivo do Álcool em Cabo Verde completa três anos desde que arrancou.

A campanha “Menos Álcool, Mais Vida”, decorre desde Novembro de 2016, com o alto patrocínio do Presidente da República e o apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS), e mobiliza mais de 60 entidades, entre departamentos estatais, autarquias, organizações não-governamentais, universidades, escolas, entidades desportivas, sindicatos e congregações religiosas.

Uma campanha pela positiva conseguiu que a problemática do uso abusivo do álcool fosse tratada publicamente.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.