PAICV diz que realidade criminal das ilhas é bem diferente do descrito pelo Governo

13/06/2019 12:43 - Modificado em 13/06/2019 12:43

No primeiro debate parlamentar do mês de Junho, sobre a segurança no país, com o Ministro da Administração Interna, o grupo parlamentar do PAICV continua a contradizer os dados apresentados por Paulo Rocha, quando este aponta a tendência de diminuição das ocorrências criminais em treze dos municípios do país, nos primeiros cinco meses deste ano.

O líder parlamentar do PAICV continua cético em relação às estatísticas apresentadas pelo Governo, alegando que este não tem cumprido com as promessas eleitorais de resolução do quadro de criminalidade registado no país.

Rui Semedo atribui responsabilidades ao ministro Paulo Rocha, por ter instalado um quadro de desmotivação no seio da polícia, acrescentando que a insegurança continua a ameaçar o sossego dos cidadãos.

Por seu lado,  Paulo Rocha diz que o PAICV quer teatralizar o debate e continua convicto das políticas de segurança traçadas pelo Governo e nos bons resultados alcançados.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.