GG lança ‘Testemunho’

12/06/2019 01:07 - Modificado em 12/06/2019 01:07

Hernâni Carlos Lima Delgado, de nome artístico GG, rapper de Chã de Alecrim, São Vicente, lança “Testemunho”, que segundo o artista, não pretende ser um dedo na ferida: é a ferida consumindo o dedo.

No seu dizer, o pior “MC” da ilha de São Vicente regressou dos “mortos”, trazendo-nos o seu testemunho sem cor e sem dor, mas com muita luz.

Segundo conta, está de volta como nunca. Apoderou-se das suas rimas fortes, inspiradas e inspiradoras (não abandonando o seu estilo underground) pois já não é o “cabeça dura” de antigamente, apesar de o seu rap continuar a ser “cru como o chão por onde pisou e o pão que comeu”.

‘Testemunho’ não é a metáfora da morte, mas a morte mostrada como o caminho, para os que não querem ver a luz, ao mesmo tempo que apresenta Cristo como o seu e único salvador, escreve o rapper. “Testemunho é o espelho que diariamente quebramos mas que pretende ser um tributo à vida”.

É também um retrato da autodestruição da juventude cabo-verdiana, uma chamada de atenção aos jovens e às autoridades competentes para o flagelo do álcool e outras drogas.

De recordar que em 2015, GG anunciou que iria abandonar o Hip Hop, por tempo indeterminado, para dar prioridade a outros projetos.

“De momento, a música não é prioridade e é com muita dor que tenho que me ausentar do Rap, para dedicar-me aos negócios da minha família e cuidar da minha mulher e do meu filho recém-nascido”, explicou na altura.

Hoje, com 31 anos, regressa, como diz, ‘dos mortos’, para dar continuidade à sua verdadeira vocação: o Hip hop.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.