Eliseu: “No futuro quero trazer alguns projetos para ajudar as crianças mais necessitadas”

11/06/2019 23:39 - Modificado em 12/06/2019 12:08

O jogador internacional português, Eliseu, que se encontrou nesta terça-feira, no Mindelo, com jovens desportistas no Centro de Estágio da Federação Cabo-verdiana de Futebol, frisou que é um “privilégio muito grande estar em Cabo Verde”, assegurando que tem projetos futuros para São Vicente no sentido de ajudar as crianças mais necessitadas.

O lateral-esquerdo de 35 anos, antigo jogador do Benfica, acrescentou ao NN, que visitou a ilha de São Vicente pela primeira vez e assegurou que é sempre bom regressar às origens, realçando a forma calorosa que foi recebido no Mindelo.

Sobre os jovens com quem esteve a socializar na tarde desta terça-feira, assegurou que na altura que tinha a idade deles jogava da mesma forma, por isso espera grandes profissionais para o futuro. 

“Nos últimos anos, a formação no futebol de Cabo Verde tem evoluído muito e queria dar os parabéns à Federação Cabo-verdiana de Futebol, porque têm feito um trabalho excelente e agora o principal é preparar os jovens para o futuro” enalteceu.

Sobre projetos futuros para São Vicente, o jogador afirmou que trazer alguns projetos para ajudar as crianças mais necessitadas. “Espero que a agenda para Cabo Verde seja muito grande, e que nunca pare. Já fui jovem como eles e, na altura, tinha o grande sonho de um dia ser jogador de futebol. Mas não quero ajudá-los somente a ser profissionais de futebol, mas também a torná-los uns grandes seres humanos, que é o grande objetivo” acrescentou.

Depois de uma paragem longe dos relvados, o jogador está entusiasmado em regressar ao activo já para o início da próxima época desportiva, assegurando que está neste momento a estudar as opções que tem.

O jogador português, de ascendência cabo-verdiana, foi 29 vezes internacional por Portugal e jogou enquanto sénior pelo Belenenses, Varzim, Málaga, Lazio, Saragoza e Benfica.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.