Mana Guta lança em São Vicente “CAMÕES CRIOULO E A HISTÓRIA DAS ILHAS”

3/06/2019 01:57 - Modificado em 3/06/2019 01:57
| Comentários fechados em Mana Guta lança em São Vicente “CAMÕES CRIOULO E A HISTÓRIA DAS ILHAS”

O Centro Cultural do Mindelo recebe esta segunda-feira, 03 de Junho, a apresentação do livro infanto-juvenil, da autora Maria Augusta Évora Tavares Teixeira, “Mana Guta”.  A apresentação está a cargo do escritor  Germano Almeida.

O livro infanto-juvenil “Camões Crioulo e a História das Ilhas”, reúne 13 contos de diferentes tipos, e presta homenagem a diversas personalidades, histórias e regiões de Cabo Verde.

Os textos são de “Mana Guta” e as ilustrações de Jija Teixeira, uma adolescente de 15 anos que transporta para a tela, desde os oito anos, imagens das histórias que ouve.

Trata-se, segundo a autora, de um livro dedicado aos homens, como estímulo para que voltem a contar histórias às crianças, como no antigamente se fazia.

Maria Augusta Évora Tavares Teixeira, que também usa o pseudónimo literário de “Mana Guta”, é uma escritora cabo-verdiana que se tem dedicado às temáticas das línguas, literaturas e memória.

Publicou o seu primeiro artigo académico em 1992 e dessa época a esta parte somam-se já 25 títulos, entre artigos académicos e contos, para além de quatro livros: Autoria e Construção da Identidade Cabo-verdiana: diálogos entre a obra de Germano Almeida e o Discurso Parlamentar (2010) e Outras Pasárgadas de Mim: três histórias de inclusão (2014), Língua de Berço e Libru Grandi di Nhara Sakedu (2018) e Camões Crioulo e História das Ilhas (2019).

Na ficção, dedica-se à literatura de inclusão para crianças e adultos. Ganhou dois prémios literários e um diploma de louvor do Governo de Cabo Verde.

É licenciada e Mestre em Letras pela Universidade Federal Fluminense do Rio de Janeiro; Pós-Graduada em Formação de Formadores para Educação de Infância pelo I. P. de Coimbra e Pós- Graduada em Estudos Africanos pela Universidade do Porto.

A sua tese de Doutoramento, que faz interface entre Letras e Ciências Sociais, tem como título “A voz dos continuadores: o reinventar do país-nação através da poesia cantada”. Tem feito carreira como Gestora Pública e é Professora Universitária há 23 anos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.