Solange Neves: “O nosso objetivo é ter cada vez mais jovens empregados”

21/05/2019 01:53 - Modificado em 21/05/2019 01:53
| Comentários fechados em Solange Neves: “O nosso objetivo é ter cada vez mais jovens empregados”
Solange Neves – Vereadora da Câmara Municipal de S. Vicente

Avereadora da Câmara Municipal de São Vicente, Solange Neves, que tem a seu cargo os Pelouros das Actividades do Mar, Mercados e Feiras, assim como os da Juventude e Actividades Lúdicas, afirmou nesta segunda-feira que o objetivo das formações para os jovens, organizadas pela edilidade têm como principal finalidade ver os mesmos empregados. Mas diz que é fundamental que esses jovens estejam empenhados para agarrarem as oportunidades.

Depois da entrega oficial por parte da Câmara Municipal de São Vicente de diplomas de formação profissional a 43 jovens da ilha, na passada quinta-feira, enquadrada na Semana da Juventude, muitos jovens que não conseguiram ingressar nestas formações vem expressando o seu desagrado na rede social do Facebook. Por outro lado, muitos pedem que sejam arranjadas soluções para estes jovens no mercado de trabalho.

Neste sentido, a vereadora responsável pelo pelouro da Juventude da CMSV, esclarece que as formações nas áreas de mesa e bar e de iniciação à fotografia, foram realizadas após uma pesquisa feita pelos Pelouros da Juventude e da Formação Profissional, para se saber quais áreas onde havia maiores necessidades e onde o mercado está em alta. “O nosso objetivo é ver todos os jovens empregados. Nisso nós fazemos todo o possível, onde fazemos as formações que achamos pertinentes, e que os jovens possam fazer um estágio e ingressar no mercado de trabalho” sustenta.

De acordo com a mesma, algumas empresas ligadas a estes dois ramos, já mostraram interesse em recrutar jovens para estágios, ou mesmo empregos, o que ao seu ver é uma boa notícia tanto para esses jovens como para a edilidade. Defende  que o objetivo, quando são desenvolvidas formações  é de conseguir que os jovens se enquadrem o mais rápido possível  no mercado de trabalho.

“Para nós é uma satisfação enorme, porque sabemos que quando a Câmara forma vinte jovens, e pelo menos dez desses conseguem ingressar no mercado de trabalho, são  menos dez jovens no desemprego. Mas é claro que gostaríamos que todos conseguissem, mas muitas vezes não depende apenas da Câmara ou da empresa que recruta o jovem para fazer o seu estágio. Depende do querer, empenho e garra, que são factores fundamentais”

Por isso, a vereadora apela aos jovens para terem mais empenho, com a finalidade de agarrarem as oportunidades de trabalho, porque entende que se não houver motivação da parte desses jovens, as entidades empregadoras não vão se mostrar relutantes em colocá-los nesses postos de trabalho. “No processo de formação, aproveitamos para chama-los a atenção para esses fatores, para que tentem agarrar a oportunidade de trabalho que a Câmara Municipal em parceria com outras instituições público-privadas cedem. Porque como todos sabem, conseguir um emprego está difícil”.

Solange Neves, vinca que a CMSV, tenta ao máximo formar jovens nas áreas mais necessitadas, como é o caso de mesa e bar, apontando que a ilha está em processo de desenvolvimento no turismo, sinal disso são os empreendimentos turísticos que estão a nascer.

Neste momento a vereadora garante que o Governo tem em andamento a implementação do Conselho Nacional da Juventude e que São Vicente vai ser a experiência piloto. Neste momento afirma que estão apenas à espera de algumas respostas, para que seja iniciado o processo de constituição da comissão que vai trabalhar no plano de atividades, onde um dos aspectos será a realização de mais formações para os jovens.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.